Guru Purnima 2017

Guru Purnima 2017

*

Na noite de 9 de julho, comemoramos a Guru Purnima de 2017. Celebrada sempre na primeira Lua Cheia após o Solstício de Verão do Hemisfério Norte (para nós, do Hemisfério Sul, Solstício de Inverno), a Guru Purnima é a festa na qual se homenageia o Guru.

*

A palavra “Guru” significa, literalmente, “Aquele que dissipa as trevas”. Antes de se referir a um ser humano particular, esse termo nomeia um Princípio Arquetípico de Orientação, que corresponde ao que alguns chamaram de “Eu Profundo” ou “Mestre Interior”. Trata-se daquela voz calma e sábia que se pronuncia em nosso íntimo quando conseguimos aquietar o ruidoso e quase sempre inútil falatório da mente ordinária. Ou que se manifesta por meio de inspiração genuína, insights, sincronicidades, imagens simbólicas, sonhos profundamente significativos e tantos outros modos.

*

O Princípio do Guru (Guru Tattva) pode materializar-se, com maior ou menor perfeição, em um indivíduo específico, um guru de carne e osso. Quando esse indivíduo se torna um mestre inteiramente realizado – isto é, quando por seu intermédio já não é o ego que se manifesta, mas a própria Divindade – ele ou ela recebe a denominação de Satguru. O Satguru é uma luz na escuridão, uma corda que nos resgata do abismo da ignorância, uma escada que nos permite subir rumo à autorrealização.

*

Para nós, praticantes do Kriya Yoga de Bábaji, o Satguru é Bábaji, a fonte viva da Tradição, a mais perfeita manifestação do Princípio do Guru (Guru Tattva).

*

Segundo a perspectiva tradicional, na Guru Purnima (a Lua Cheia do Guru), o Princípio do Guru (Guru Tattva) encontra-se mil vezes mais ativo. A data é extremamente propícia para nos conectarmos com nossa Realidade mais profunda e iniciarmos práticas intensivas chamadas Tapas. Tradicionalmente, esse período de Tapas, que recebe o nome de Chaturmas, se estende por quatro meses lunares, a partir do dia do Guru Purnima.

*

É o período ideal para nos engajarmos na realização de pequenas ou grandes metas em nossa escalada evolutiva. Pode ser algo que a gente sabe que deve fazer, mas adia sempre. Como, por exemplo, não comer comidas inadequadas, ou tratar todas as pessoas com gentileza em qualquer situação. Pode ser algo que exija uma forte disciplina. Como, por exemplo, praticar regularmente as técnicas de Yoga.

*

Estes são apenas alguns exemplos. Pense em algo que você deseje realizar, transformar ou compreender. Pense em algo que seja factível. Escolha uma prática adequada (não necessariamente ligada ao Yoga) para alcançar seu objetivo. E pratique com perseverança por quatro Luas Cheias, até novembro. Ofereça sua prática e deixe que o Princípio do Guru atue por meio de sua ação consciente.

*

Om Kriya Babaji Nama Aum!

*

Guru Purnima 2017 4

*