2 de Fevereiro

*

Filha

A Filha, retrato da Mãe

*

Mar de gente,

Mar de mar,

Mar de contas azuis e brancas,

Mar de ondas incontáveis.

*

Mãe da gente,

Mãe do mar,

Mãe de quem vai por trilhas movediças,

Mãe de um arfar que ecoa o firmamento.

*

Senhora de olhos ternos,

Senhora de seios fartos,

Senhora dobrada em peixes,

Senhora desdobrada em atabaques.

*

Percorri o Rio Vermelho ao som de teus tambores,

E a cidade era um rio que corria para ti.

Subi ao mar alto antes da primeira luz,

E entreguei-te rosas ao irromper a aurora.

*

Senhora do abebé prateado,

Mãe de Márcias, Patrícias e Mônicas,

Mãe de Olívias e minha mãe também,

Aceita a oferenda, ó mãe: Odoyá!

*

Barcos

Entrega de oferendas

*

Elegância 1

Elegância

*

Elegância 2

Elegância

*

Azul e Branco

Azul e branco

*

Casinha

Um canto na Casinha da Mãe

*

As Quatro

Olívia, Mônica, Patrícia e Márcia

*

 

Eu

Patrícia, eu e Mônica

*