José Tadeu Arantes (Kabir)

Tadeu_Foto_Nova

Discípulo do grande mestre Babaji Nagaraj, nasceu em São Paulo, em 11 de fevereiro de 1951. Casado com Márcia, tem três filhos: Milena, Pedro e Marcela. E dois netos: Marina e João. Atua profissionalmente como jornalista, escritor e professor.

Estudou no Liceu Pasteur, na Escola Politécnica da USP e no Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Em complemento à educação convencional, cursou Artes Marciais (com Antonio Morgado e Liu Pai Lin), Artes Plásticas (com Luigi Zanotto, Carlos Fajardo e Dudi Maia Rosa) e Dança (com J.C.Violla e Klauss Vianna); participou de treinamento em Psicologia Transpessoal (com Stanislav Grof); foi iniciado em Kriya Yoga (por Govindan Satchidananda) e participa de treinamento avançado para ingresso na Babaji’s Kriya Yoga Order of Acharyas. Desde o início dos anos 1980, vem pesquisando intensamente temas relacionados a tradições espirituais, filosofia, psicologia e história.

Com atividade na mídia desde 1976, trabalha atualmente na Gerência de Comunicação da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), e dá aulas no curso de Extensão em Jornalismo da PUC de São Paulo.

Como jornalista, exerceu o cargo de editor nos periódicos Movimento, Leia, Retrato do Brasil, Saúde, Corpo a Corpo, Ágora, Globo Ciência, Galileu, Scientific American Brasil, História Viva e Le Monde Diplomatique Brasil. Participou, na condição de colaborador, em quase duas dezenas de veículos de comunicação. E trabalhou, na função de assessor especial, na Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais e no Hospital Israelita Albert Einstein.

Como escritor, é autor dos livros Cem Poemas de Kabir (Attar Editorial, 2013), Mestres (Editora Elevação, 2007), Do xamã ao Prêmio Nobel, todos são filhos de Deus (Editora Terceiro Nome, 2005), Bacon e Newton: em busca da Alma do Mundo (Editora Terceiro Nome, 2005), O maior perigo do Islã: não conhecê-lo (Editora Terceiro Nome, 2005), além de várias obras didáticas ou institucionais.

Como professor, já lecionou Física, Matemática, Desenho, Pintura e História da Arte em cursos formais. E, há quase 20 anos, apresenta cursos informais sobre tradições espirituais.

Em outubro de 2011, rodeado pelas majestosas montanhas do Himalaia, recebeu de seu instrutor, Govindan Satchidananda, o nome espiritual de Kabir, em homenagem ao grande poeta místico do século XV, e como lembrança da meta que deve buscar na vida.

Anúncios