Mahākālī (por Sri Aurobindo)

Yantra (diagrama místico) de Kali. Autor: William Clark

*

Terrível é o seu rosto para os Assuras; perigoso e implacável o seu humor contra os que odeiam o Divino; pois ela é a Guerreira dos Mundos, que nunca se esquiva da batalha. Intolerante à imperfeição, ela trata asperamente tudo o que é indesejável no ser humano; e é severa com tudo o que é obstinadamente ignorante e obscuro; sua ira é imediata e terrível contra a traição, a falsidade e a malignidade; a má vontade é atingida imediatamente por seu flagelo.

*

Indiferença, negligência e preguiça na obra divina ela não pode suportar; e acorda imediatamente, com dor aguda se necessário, aquele que adormeceu prematuramente e o vagabundo. Os impulsos que são rápidos, retos e francos, os movimentos que são irrestritos e absolutos, a aspiração que cresce em chamas são os movimentos de Mahākālī.

*

Seu espírito é impassível, sua visão e sua vontade são elevadas e de longo alcance como o voo de uma águia, seus pés são rápidos para cima e suas mãos estão estendidas para golpear e socorrer.

*

Como também é a Mãe, e seu amor é tão intenso quanto sua ira, ela tem uma bondade profunda e apaixonada. Quando lhe é permitido intervir com sua força, então em um momento são quebrados, como coisas sem consistência, os obstáculos que imobilizam ou os inimigos que assaltam o buscador.

*

Se sua raiva é terrível para os hostis e a veemência de sua pressão é dolorosa para os fracos e tímidos, ela é amada e adorada pelos grandes, fortes e nobres; pois sentem que seus golpes transformam o que é rebelde no material que os compõe em força e verdade perfeitas, martelam o que é torto e perverso e expulsam o que é impuro ou defeituoso.

*

Mas, para ela, o que pode levar séculos é feito em um dia; sem ela, o ananda poderia ser amplo e grave ou suave e doce, mas perderia a alegria flamejante de suas intensidades mais absolutas. Ao conhecimento ela confere um poder conquistador, traz à beleza e à harmonia um movimento elevado e crescente, e confere ao lento e difícil labor pela perfeição um ímpeto que multiplica a força e encurta o longo caminho.

*

Nada pode satisfazê-la que não alcance os êxtases supremos, as alturas mais elevadas, os objetivos mais nobres, as paisagens maiores. Pois, com ela está a força vitoriosa do Divino e é pela graça de seu fogo, paixão e velocidade que grandes conquistas podem ser feitas, agora ou no futuro.

*